Flor do Vale (Muda de Bananeira)

Letra de uma canção que faz parte do terceiro disco de Jonga Lima intitulado “Terra Que Berra”, gravada e dedicada ao Vale do Capão, na Chapada Diamantina, em 2000. Letra e Música: Jonga Lima.

 

Fui pegar muda de bananeira

nos Gatos, na roça do meu amigo Ném

Mas que boa vontade esse indivíduo tem

Experimente uma amizade bonita

Com essa gente querida, Caeté-açú, meu amor

 

Um povo forte e sempre disponível a uma ajuda amiga

A uma mão que acolhe, a uma voz que encanta

A um gesto simples de amor

Experimente uma amizade bonita

Caeté-açú, meu amor

 

O que me intriga é perceber porque em toda parte

Há um montão de gente se achando importante

Mas que só pensa em si

No corre-corre do dia-a-dia

Não encontra tempo para estender uma mão amiga

 

E dizem por aí que tempo é dinheiro

E que dinheiro é poder de vencer na vida

De comprar alegria, conforto e prazer

Mas tudo isso para mim só tem o seu valor

Se você reparte o seu amor,   Caeté-açú

 

Mata-grande, Caeté-açú

Flor do vale do capão, Caeté-açú

Nas montanhas da Bahia vou viver com meu amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s